sexta-feira, 3 de maio de 2013

A importância do calculo mental para o aprendizado da matemática.


Através dos parâmetros curriculares de matemática é possível observar o uso do calculo mental como uma das diversas formas de se calcular, adaptando-se a uma determinada situação, nas operações envolvidas. O exercício e a sistematização dos procedimentos de cálculo mental, ao longo do tempo, levam-no a ser utilizado como estratégia de controle do cálculo escrito.

O calculo mental ajuda o aluno a organizar seu pensamento, agilizando o trabalho cognitivo, pois o aluno é estimulado a pensar rapidamente e encontrar uma solução para o problema. O calculo mental também contribui para o maior domínio do calculo escrito à medida que o agiliza, além de permitir o aluno que compreenda algumas das propriedades das operações matemáticas.

O aluno deve ser estimulado a pensar apesar das diversas facilidades da era moderna que serve como auxilio, devendo ser estimulado desde cedo para que se possa desenvolver com muito mas facilidade a capacidade de calculo deste aluno seja ele escrito ou mental. O trabalho com calculo mental permite ao aluno construir novos esquemas, desenvolver habilidades como a atenção, memória, concentração e a ampliar o repertório de cálculo e agilizar seu pensamento para o uso para o cotidiano.

A prática do cálculo mental, apesar de não ser muito estimulada pelas escolas brasileiras, pode desenvolver habilidades como a atenção, concentração, memória e agilidade.

Exemplos de calculo mental:


Calcular primeiro dezenas exatas e os números que formam dezenas.

Arredondar e depois fazer a compensação.


Decompor o subtraendo (valor que será subtraído).



O cálculo mental ajuda a compreender o sistema de numeração e as propriedades das operações



Descobrir as estratégias de cálculo mental utilizadas pelos alunos e apresentar outras ajuda a turma a se sair bem nos cálculos escritos.




Para memorizar alguns resultados

Dominó Jogos ajudam a aprimorar a capacidade de cálculo. Para a turma ficar craque na soma de parcelas com resultado até 6, por exemplo, leve para a classe um dominó comum e estabeleça uma regra diferente: os jogadores devem unir as peças de forma que a soma das duas seja 6.

Crachá Distribua crachás com números de 0 a 10 para todos as crianças antes do recreio. Na volta, peça que entrem na sala em duplas de forma que a soma de seus crachás seja 10. Em outra atividade, varie os números dos crachás e crie novas senhas.


- Pares com soma par.

- Pares com soma ímpar.

- A divisão dos dois números é exata.

 

Referencias:
http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro03.pdf
http://revistaescola.abril.com.br/calculo-mental/
http://revistaescola.abril.com.br/matematica/pratica-pedagogica/calculo-mental-quanto-mais-diversos-caminhos-melhor-427462.shtml


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário